Parrachos de Maracajaú, Ceará-Mirim
Brasão do Estado do Rio Grande do Norte - SESED

Localize uma Delegacia

Localize a Delegacia mais próxima de você.

NEGPE-RN

NÚCLEO DE ESTUDOS, PREVENÇÃO E GERENCIAMENTO DO ESTRESSE
> www.rn.gov.br / SESED / NOTÍCIAS
21/06/2012 | 15:53 Imprimir notícia Imprimir

Pronatec Social leva cursos de qualificação profissional a 55 municípios do RN

Mudar tamanho da fonte Aumentar fonte Diminuir fonte

Prefeituras de 55 municípios do Rio Grande do Norte serão contempladas este ano com as ações do Pronatec Social. O Pronatec é um programa de formação profissional do Ministério da Educação-MEC, mas teve suas vagas estendidas, também, para o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome-MDS por se constituir numa das ações do Plano Brasil sem Miséria, do governo federal.


Serão beneficiados com os cursos de qualificação profissional os municípios de Acari, Assú, Água Nova, Alexandria, Almino Afonso, Barcelona, Caicó, Caraúbas, Carnaúba dos Dantas, Ceará Mirim, Cruzeta, Currais Novos, Doutor Severiano, Extremoz, Francisco Dantas, Frutuoso Gomes, Galinhos, Ipanguaçu, Jandaíra, Japi, Jardim de Angicos, João Câmara, Lagoa Nova, Luiz Gomes, Macaíba, Major Sales, Marcelino Vieira, Maxaranguape, Mossoró, Natal, Nova Cruz, Olho D’Água dos Borges, Parnamirim, Pau dos Ferros, Pedra Grande, Pilões, Poço Branco, Porta Alegre, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Rio do Fogo, Santa Cruz, Santo Antônio, São Bento do Trairi, São Francisco do Oeste, São Gonçalo do Amarante, São José do Seridó, São Vicente, Serra de São Bento, Severiano Melo, Tangará, Tenente Ananias, Touros, Umarizal e São Miguel do Gostoso.


Em alguns desses municípios, os cursos já começaram. Na cidade de Acari, por exemplo, o Pronatec Social está beneficiando 247 pessoas com a realização de cursos de auxiliar administrativo, auxiliar de cozinha, web designer, operador de computador, auxiliar de laboratório químico, operador de processos de produção lácteos, montagem e manutenção de computadores, auxiliar administrativo de secretaria escolar, instalador e reparador de rede de computador e programador. As aulas estão sendo ministradas na unidade do IFRN de Currais Novos.


Outra cidade na região seridoense onde as ações do Pronatec Social também já foram iniciadas é Caicó. Lá, 688 pessoas estão participando dos cursos de auxiliar de instalações prediais, operador de computador, eletricista de instalações prediais, arquivista, auxiliar administrativo, auxiliar de recursos humanos, cuidar de idosos, libras básica, montagem e manutenção de computador, operador de caixa, almoxarife, garçom básico, recepcionista, padeiro, confeiteiro, pizzaiolo, auxiliar de instalação hidráulica, pintor de obras e operador de retro escavadeira.


Para Natal estão propostas 1.797 vagas Mossoró, 472 Parnamirim, 350, e Ceará-Mirim, outras 275. Essas vagas, no entanto, ainda poderão ser alteradas em função da demanda do município. No total, estão sendo disponibilizadas pelo MDS 1,7 milhão vagas para todo o Brasil.


No Rio Grande do Norte o programa está sendo executado em parceria com o Senac, SESI – instituições do sistema "S" – e o Instituto Federal de Educação Tecnológica-IFRN. O número de vagas e os cursos oferecidos obedecem à demanda e vocação econômica de cada região.


"O que se busca, hoje, na economia formal, é mão-de-obra qualificada e as instituições envolvidas nesse processo de formação profissional são tidas como referências nacionais", enfatizou o secretário de Estado do Trabalho e da Assistência Social-SETHAS, Luiz Eduardo Carneiro Costa. A SETHAS é responsável, no âmbito do Estado, pelo monitoramento das ações do programa nos municípios. No ano passado, o Pronatec Social foi executado em apenas três municípios do Rio Grande do Norte - Natal, Mossoró e Parnamirim. Este ano, por gestão da SETHAS, o programa foi ampliado no Estado chegando a estes 55 municípios.


As vagas do Pronatec para a área social são, prioritariamente, destinadas àquelas pessoas que estão inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), gerenciado pelo MDS, e vivendo em situação de pobreza. Isso não significa dizer que quem está fora do Cadastro não possa participar. Para isso, precisam ser inseridas pela Assistência Social de seu município no CadÚnico. São inscritas nele, as famílias com renda mensal de até meio



Imprimir notícia Imprimir

 

Voltar para a página anterior voltar topo


SESED, Centro Administrativo do Estado, BR 101, Km 0, Lagoa Nova, Natal/RN, CEP 59064-901, Telefone 84 3232-1082